Papier mâché

My first sculpture project was an exhibition for children called “The chicken or the Egg?”, I created the graphic image and I made a huge chicken with wire that I  painted, with eggs inside. This chicken was very successful with kids. The wire mesh allowed wind to cross it and the chicken survived for many years despite the kids energy. It was an environmental project about rural areas and nature conservation, at Tapada da Ajuda, in Lisbon.

O meu primeiro projecto com o papier mâché foi para uma exposição “A Galinha ou o Ovo?”, na Tapada da Ajuda em Lisboa, inserido num programa de proteção do meio rural e conservação da natureza (O Mundo Rural e a Conservação da Natureza, Instituto para a Promoção Ambiental/Instituto Superior de Agronomia, 1995), da qual fui responsável pela imagem gráfica, sinalética  e todo o material de apoio. A escultura que representava a exposição “A Galinha ou o ovo?” foi feita com rede e posteriormente pintada. A galinha teve muito sucesso entre as crianças, tendo sobrevivido por alguns anos ao ar livre, uma vez que era resistente à chuva e o vento passava entre a rede.

The next big project was a challenge to create a sculpture and symbol of the theme “Pneumology” for a conference at a medical school in Lisbon, in 2003. I decided to create a conceptual large piece instead of a faithful representation of the heart and lungs. The heart was made of  papier mâché and the lungs were made with a wire mesh. This sculpture is still at the school in the open air.

Um outro desafio, foi criar uma escultura para representar o Congresso de Pneumologia, na Escola Superior de Tecnologia da Saúde, de Lisboa em 2003. Fiz uma peça mais conceptual representando o coração envolto nos pulmões. Foi necessário montar se uma estrutura para a sua construção, uma vez que tinha 3 metros de altura.

In 2011 I received the 2nd National Prize of Contemporary Handcrafts with “Amor Português”, made of papier mâché using a traditional Portuguese rooster in white, instead of the traditional colors. It is a light design object that creates an intimate space. It reminds Portuguese embroidery and Fado,  the music, long skirts and long filigree ornaments.

Em 2011 recebi o 2º Prémio Nacional de Artesanato Contemporâneo, com o “Amor Português”, uma peça em papier mâché, representada pelo galo de Barcelos, elevando-o sob uma base cónica que representa com os seus recortes de luz, os bordados e as rendas, a música, o Fado, as longas saias e brincos de filigrama, aqui com uma abordagem contemporânea, pintado de branco e isento nas suas cores garridas associadas ao galo e à tradição folclórica.

Galeria Santa Clara, in Coimbra, invited me to create an art installation of the Queen Sta Isabel for the building. I called it “The Queen”, made of papier mâché and gold leaf. It tells the tale of the Queen Santa Isabel, who secretly helped the poor. Once her husband, D. Diniz caught her with bread for the poor and asked her about what she was hidding, She said “just roses, roses”, showing him roses that spread all over, says the legend…

Em 2012, a Galeria Santa Clara, em Coimbra, convidou-me para elaborar uma peça para a fachada, baseada na “Lenda das Rosas”, da Rainha Santa Isabel. A peça “A Rainha” foi feita em papel e papier mâché, forrada a folha de ouro. Conta a lenda que a Rainha Santa ajudava os pobres às escondidas do seu marido D. Diniz. Um dia ele aprecebendo-se disso, pergunta-lhe o que ela esconde nas saias, ela responde “São rosas senhor, são rosas” e nessa altura as rosas espalham-se pelo chão…

“Guitarra Portuguesa de Bilros”, is another art piece of papier mâché and gold leaf, created for an exhibition of traditional “Bilros” laces at Vila do Conde, in the North of Portugal. Traditional Portuguese guitars differ in the shape of the arm end, depending on the region. I made an armillary sphere, that represents the world, where Portuguese discoverers had an important role, and in homage to all other Portuguese expatriates today around the world.

A Guitarra Portuguesa de Bilros, foi uma outra peça em papier mâché, criada em “homenagem” à renda de birlos, para uma exposição em Vila do Conde, 2012. O desafio foi criar uma peça “livre” onde a homenageada fosse a renda de bilros. Assim, pensei numa peça, de origem Portuguesa que pudesse ter esse papel. Surgiu a ideia da guitarra Portuguesa, que com a iluminação iria destacar a renda. A Guitarra Portuguesa de Bilros esteve também exposta numa outra exposição no Museu da Chapelaria, em São João da Madeira, bem como na Galeria Santa Clara, em Coimbra. A terminação do braço das guitarras portuguesas variam consoante o local para onde são feitas, por exemplo as de Coimbra, terminam em “lágrima”, as de Lisboa com uma voluta, etc. Decidi então criar uma peça mais abrangente com a esfera armilar, que neste caso representa uma homenagem não só aos descobridores Portugueses, mas também a toda uma comunidade Portuguesa que actualmente deixa o pais em busca de trabalho.

Another project of craft design for the home was this dining room chandelier. Other projects include lighting, mirrors and other art objects. Some papier mâché boxes are based in tiles collections, from Museu Nacional de Machado de Castro, in Coimbra, and are on sale in the museum shop.

Outros projectos de craft design, feitos com papier mâché, incluíem alguns projectos de iluminação. O “Galo Cantante” foi elaborado para a exposição anual dos sócios da Sociedade Nacional de Belas Artes, 2010. Algumas caixas em papier mâché, são actualmente feitas com base em coleções do Museu Nacional de Machado de Castro, nomeadamente coleções de azulejos, e à venda na loja do Museu.


Notice: compact(): Undefined variable: limits in /home/avedouda/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 821

Notice: compact(): Undefined variable: groupby in /home/avedouda/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 821

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/avedouda/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

1 thought on “Papier mâché”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *